Passeios
Beber na Vinícola
Beber em casa

Qual a diferença entre vinho fino e vinho de mesa?

Qual a diferença entre vinho fino e vinho de mesa?

May 10, 2021

May 10, 2021

Última edição May 14, 2021

Última edição May 14, 2021

Criado por

Henrique Kochenborger

Se você está chegando aqui pela primeira vez deve estar se perguntando "Mas Wine Locals, que é Pietra?". Nós explicamos: a Pietra é a mais jovem aqui do time Wine Locals. Ela começou a beber (vinho) há pouco tempo e, naturalmente, hora ou outra alguma dúvida aparece. Responder as dúvidas da Pietra aqui é a oportunidade de responder também mais pessoas que podem ter as mesmas dúvidas. A parte boa é que nós adoramos falar sobre vinho - dentro do que conhecemos como bebedores, não como enólogos ou sommerliers, até porque não temos nenhum no time até o fechamento desta edição, hehehe.

Afinal de contas, qual é a diferença entre vinho fino e vinho de mesa?

Vinho fino e vinho de mesa são nomenclaturas que quem começa a se interessar por vinho passa a ver e ouvir com frequência. E com a mesma frequência é destacada a importância da diferença entre ambos. -Esse lugar é o maior produtor de vinho do país. -Sim, de vinho de mesa.

Então qual é a diferença entre os dois? E porque é importante diferenciar? Se a Pietra tem uma pergunta, o Wine Locals vai atrás de uma resposta, enche a minha taça que eu vou explicar.

A Pietra não entende nada de vinho - Episódio 11: qual a diferença entre vinho fino e vinho de mesa?

Pietra, antes de tudo é importante deixar claro que os termos vinho fino e vinho de mesa são nomenclaturas oficiais e regulamentadas. A diferença básica entre eles de mesa está na espécie das uvas que dão origem ao vinho.

Os vinhos finos

Vinhos finos são os vinhos produzidos com as uvas da espécie Vitis vinífera: Merlot, Pinot Noir, Cabernet, Chardonnay e mais uma diversidade enorme. São uvas secas e bastante amargas, não indicadas para o consumo in natura. Lembra quando falamos sobre taninos? Pois então: as uvas Vitis vinífera são pequeninhas, não são doces e possuem uma casca grossa e rica em taninos.

Junto com os taninos, a casca da uva é responsável por trazer aromas para o vinho. Nessas uvas, a casca possui uma maior quantidade de substâncias aromáticas (mais casca = mais substâncias), o que está muito relacionado com a ideia de complexidade do vinho: as várias nuances de aroma e sabor que os vinhos podem apresentar.

O cultivo das uvas Vitis vinífera exige maior cuidado, já que elas não se adaptam a qualquer terreno ou clima. Além disso, a produção desses vinhos possui uma regulamentação mais rigorosa.

Os vinhos de mesa

Vinhos de mesa são vinhos produzidos com as uvas da espécie Vitis labrusca - que aqui no Brasil é a mais utilizada, mas não é a única que produz vinhos de mesa: Bordô, Isabel, Niágara, entre outras. São uvas que geralmente se encontra em feiras e supermercados, com um alto teor de açúcar, perfeitas para o consumo in natura e também para a produção de sucos.

Os vinhos produzidos a partir de uvas Vitis labrusca possuem características mais simples de aroma e sabor. O sabor, inclusive, costuma ser intenso e doce, sem muitas surpresas: um doce que não vai muito além do fato ser apenas doce. Isso porque as vitis labrusca são uvas possuem cascas mais finas, com poucas substâncias responsáveis por agregar complexidade. Outra característica dos vinhos de mesa é sua menor graduação alcoólica em relação aos vinhos finos.

O cultivo das uvas Vitis labrusca demanda menos cuidados, já que são plantas que se adaptam a diversos ambientes e climas.

E qual deles é melhor?

Acho que tu já sabe a resposta dessa pergunta, né, Pietra? Não tem um melhor, nem um pior. A regra/lema/mantra aqui do Wine Locals serve mais uma vez: cada um bebe o que gosta. Os vinhos de mesa costumam agradar quem prefere vinhos mais doces, os vinhos finos tem boa aceitação de quem prefere sabores mais pegados. Uma possibilidade é a pessoa começar bebendo vinho de mesa e, no caminho, despertar para o interesse por vinhos finos, numa ideia de linha do tempo do paladar. Mas, no final, tudo se resume ao gosto pessoal.

Fala, Pietra? Tudo entendido sobre vinho de mesa e vinho fino?

Sim! Adorei saber mais sobre a diferença entre eles. Escutava muito essas nomenclaturas mas não fazia ideia do significado. Muito obrigada!

Quando falamos aqui que A Pietra não entende nada de vinho, o nosso objetivo é conversar com você, que também não entende nada de vinhos. A melhor parte disso tudo é que vinho é o nosso assunto preferido, e sempre que alguém quer conversar a respeito ou fazer perguntas, a gente aqui tá dentro!

Se você gostou desse, tem outros posts com as dúvidas da Pietra:

Episódio 1: Bag in box

Episódio 2: Espumantes

Episódio 3: Vinho Verde

Episódio 4: Como usar o abridor

Episódio 5: 7 mentiras que a Pietra já ouviu a respeito de vinho

Episódio 6: Qual a diferença entre enólogo e sommelier?

Episódio 7: Taninos, o que são? De onde vêm Do que se alimentam?

Episódio 8: Quanto tempo dura o vinho depois de aberto?

Episódio 9: Vinho rosé só se bebe no verão?

Episódio 10: A Pietra vai escolher o presente de Dia das Mães

Novidades

7 vinhos para presentear o mozão

Por Ariela Bento


Quer mais dicas?

Deixe seu e-mail aqui que te enviamos varias dicas e sugestões para viver o que há de melhor no mundo do vinho!

Nome

E-mail

Outras dicas relacionadas a essa

Gostou? Aqui temos mais dicas e listas parecidas com essa para você.

6 vinhos espanhóis que vale a pena conhecer e beber

5 documentários sobre o mundo do vinho

A Pietra vai escolher o presente de Dia das Mães

5 vinhos baratos para brindar com economia

5 newsletters para saber mais sobre vinho

Vinho rosé só se bebe no verão?

6 vinhos por até R$50 para beber no dia a dia

10 canais sobre vinho para se inscrever no Youtube

Quer mais dicas?

Deixe seu e-mail aqui que te enviamos varias dicas e sugestões para viver o que há de melhor no mundo do vinho!

Nome

E-mail

Links úteis
Informações de Contato

Fale com a gente através do email: oi@wine-locals.com

Parceiros oficiais:
Apoio:

© 2021 Wine Locals, todos os direitos reservados