Todas as Experiências
Experiências Enoturísticas
Experiências Urbanas
Guia Wine Locals

Oferece

Vale dos Vinhedos

Vale dos Vinhedos

A Rota

Cidades

Fotos

O Vale dos Vinhedos é uma rota turística que passa por três cidades da Serra Gaúcha: Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul. Para grande parte dos turistas, a Serra Gaúcha remete imediatamente a duas cidades: Gramado e Canela. Mas a imigração italiana construiu um dos maiores destinos enoturísticos do país, que também é um símbolo da Serra Gaúcha: o Vale dos Vinhedos.
É onde estão localizadas diversas vinícolas reconhecidas internacionalmente, como a Miolo e a Casa Valduga, dentre muitas outras.

O QUE É O VALE DOS VINHEDOS

O Vale dos Vinhedos é uma região turística que fica na Região da Uva e Vinho, na Serra Gaúcha. É um dos destinos mais procurados do Brasil e também a rota de enoturismo mais famosa da Serra Gaúcha, imperdível para quem visita a região pela primeira vez. O Vale dos Vinhedos é famoso pela elaboração de vinhos e espumantes e pelas paisagens naturais de tirar o fôlego. O vale é formado por colinas cobertas por araucárias e plátanos, além das grandes áreas repletas de parreirais. Não é à toa que muitas vezes o Vale dos Vinhedos é chamado de a Toscana brasileira.

ONDE FICA O VALE DOS VINHEDOS

O Vale dos Vinhedos fica na Região da Uva e Vinho, na Serra Gaúcha. A distância do Vale dos Vinhedos de Porto Alegre é de cerca de 120km.

O território do vale situa-se no triângulo formado por três cidades: Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul.

Porcentagem do território do Vale dos Vinhedos por cidade:
Bento Gonçalves: 55%
Garibaldi: 37%
Monte Belo do Sul: 8%

DENOMINAÇÃO DE ORIGEM VALE DOS VINHEDOS (DOVV)

O Vale dos Vinhedos foi a primeira região do Brasil a receber uma classificação de Denominação de Origem de vinhos. De acordo com as normas da DO, toda a produção de uvas e processamento do vinho deve ser realizado dentro da região delimitada pelo Vale dos Vinhedos. Os vinhos certificados pela DO Vale dos Vinhedos possuem características analíticas e sensoriais específicas da região e têm a sua comercialização autorizada somente após obter do Conselho Regulador da DO um atestado de conformidade em relação a requisitos estabelecidos em regulamento.

As normas também trazem requisitos específicos para o cultivo dos vinhedos, limites de produtividade, além de determinar qualidades de uvas para vinificação de vinhos tintos, brancos e espumantes.

ALGUMAS CURIOSIDADES A RESPEITO DOS VINHOS CERTIFICADOS PELA DENOMINAÇÃO DE ORIGEM VALE DOS VINHEDOS (DOVV)

-Para vinhos finos brancos, a uva Chardonnay é obrigatória, podendo ter corte com Riesling Itálico;
-Para os tintos, a uva Merlot é obrigatória, podem ter corte com Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Tannat;
-Para os espumantes, somente aqueles produzidos por Método Tradicional, nas classificações Nature, Extra-Brut ou Brut;
-Para os vinhos que passam por madeira, é permitido exclusivamente o uso de barris de carvalho - e é vedado o uso de "chips", lascas ou pedaços de madeira;
-Para ir a mercado, os vinhos devem ter um tempo mínimo de envelhecimento: 6 meses para os brancos, 12 meses para os tintos e 9 meses de contato com as leveduras para os espumantes.

O QUE FAZER NO VALE DOS VINHEDOS

Como um dos maiores destinos turísticos do país, o Vale dos Vinhedos possui uma vocação para receber bem. Assim, são diversas as atrações que podem ser aproveitadas em uma viagem à região.

Visitar uma vinícola de grande porte

Algumas das vinícolas mais renomadas no país têm sua sede no Vale dos Vinhedos. Casa Valduga, Miolo entre várias outras podem ser visitadas, mediante agendamento prévio. A grande maioria dos tours apresentam os vinhedos, as áreas de produção e encerram com uma degustação de vinhos tintos, brancos e espumantes.

Conhecer as vinícolas boutique

São diversas as experiências oferecidas pelas vinícolas boutique da região. Para quem visita pela segunda vez ou para quem está em sua primeira viagem ao Vale dos Vinhedos, mas prefere visitas mais intimistas, elas trazem degustações e harmonizações imperdíveis. Entre as vinícolas boutique estão a Pizzato, Cave do Sol e Lídio Carraro.


Visitar a região no período da Vindima

A Vindima é o período da colheita da uva. Ela ocorre normalmente entre janeiro e março, podendo variar um pouco de um ano para outro. É, sem dúvidas, um dos períodos mais animados da região, quando se comemora um ano inteiro de trabalho. Várias vinícolas oferecem programações especiais para esse período, com colheita de uvas, comemorações em meio aos vinhedos e a pisa da uvas, em homenagem aos antigos métodos de produção de vinho trazidos pelos imigrantes.

Conhecer o Vale dos Vinhedos durante o inverno

O apetite pelas degustações de vinhos tintos aumenta ainda mais no inverno. Unindo a isso às lareiras acesas dos hotéis e pousadas e os restaurantes com a gastronomia italiana e sua característica de comfort food, visitar a Região da Uva e Vinho no inverno é conhecê-la em um dos momentos mais charmosos do ano. Vale lembrar que o inverno é a alta temporada do turismo por aqui. Assim, também é comum encontrar atrações criadas especialmente para esse período.

Provar a gastronomia italiana da região

A cena está no imaginário dos visitantes da região: abre-se uma garrafa de espumante, vem um pãozinho, um pedaço de queijo, uma fatia de salame, e aí é só alegria. No Vale dos Vinhedos existem centenas de experiências gastronômicas para os mais diversos paladares e provar a gastronomia italiana trazida pelos imigrantes é parte obrigatória de qualquer roteiro por aqui!

Fazer um piquenique

Para quem prefere um turismo de ritmo menos acelerado, as experiências que acontecem nos jardins das vinícolas são perfeitas. É um jeito tranquilo de aproveitar o melhor da região. Os piqueniques podem ser feitos da manhã à tarde e oferecem diversos itens produzidos por lá.


Cidades

Bento Gonçalves


Vinícolas

Vinícola Casa Valduga

Bento Gonçalves

Compre no Wine Locals

Lidio Carraro Vinícola Boutique

Bento Gonçalves

Compre no Wine Locals

Vinícola Calza

Monte Belo do Sul

Compre no Wine Locals

Fotos da Rota

Links úteis
Informações de Contato

Fale com a gente através do email: oi@wine-locals.com

Parceiros oficiais:
Apoio:

© 2022 Wine Locals, todos os direitos reservados