Passeios
Beber na Vinícola
Beber em casa

A Pietra não entende nada de vinho - Episódio 12: como escolher um vinho no supermercado?

A Pietra não entende nada de vinho - Episódio 12: como escolher um vinho no supermercado?

May 25, 2021

May 25, 2021

Última edição Jun 7, 2021

Última edição Jun 7, 2021

Criado por

Henrique Kochenborger

Se você está chegando aqui pela primeira vez deve estar se perguntando "Mas Wine Locals, que é Pietra?". Nós explicamos: a Pietra é a mais jovem aqui do time Wine Locals. Ela começou a beber (vinho) há pouco tempo e, naturalmente, hora ou outra alguma dúvida aparece. Responder as dúvidas da Pietra aqui é a oportunidade de responder também mais pessoas que podem ter as mesmas dúvidas. A parte boa é que nós adoramos falar sobre vinho - dentro do que conhecemos como bebedores, não como enólogos ou sommerliers, até porque não temos nenhum no time até o fechamento desta edição, hehehe.

No supermercado não tem campo de busca para encontrar vinhos.

Mesmo que o ano de 2020 tenha sacramentado que comprar vinhos (e tantas outras coisas) online é um caminho sem volta, ir ao supermercado é uma rotina da qual não vamos nos desapegar tão cedo. E para comprar vinho no supermercado a Pietra pediu dicas. Vamos falar sobre aquela vontade que desperta na frente da prateleira, diferente da outra vontade, que permite esperar o prazo de entrega

E se sentir um pouco perdido é compreensível, já que os supermercados estão investindo no acervo e oferecendo cada vez mais produtos. Espumantes: dos franceses sofisticados, às opções sem álcool. Tintos: italianos embarricados e vinhos jovens de vinícolas comerciais. Brancos: baratos, médios, caros, nacionais, importados, para beber, para cozinhar. Muitas opções.

Nesse post vamos te dar 4 dicas básicas para entender uma disposição "padrão" dos produtos da seção de vinhos. Visitamos diversos supermercados do Brasil e fizemos uma média? Não, não visitamos. Vamos dar dicas que servem como um direcionamento, aquelas que te ajudam com um norte? Sim, exatamente isso.

A Pietra não entende nada de vinho - Episódio 12: como escolher um vinho no supermercado?

1. Tente encontrar a primeira grande divisão

A dica geral é entender sobre como os produtos estão distribuídos na seção de vinhos do supermercado que você frequenta. Geralmente, a primeira grande divisão é: valores elevados para um lado, valores praticáveis aos brasileiros médios para o outro. Pode parecer uma piada, mas não é. Existem prateleiras no seção de vinhos do supermercado que eu frequento das quais eu nem cego perto. Na minha opinião, vinhos ícones de grandes vinícolas são produtos que eu vou conhecer ao longo da vida, não tenho a ansiedade de saber o motivo pelo qual aqueles valores são o que são. Mas, de novo, essa é a opinião deste que vos escreve. Fiquem à vontade em passear pela área que traz vinhos importados de diversos países e vinhos nacionais que são grandes ícones das vinícolas daqui. Essa área geralmente é dividida por países, já que o acervo que o supermercado disponibiliza é bastante diverso, tanto em valores, quanto em uvas.

2. Agrupamentos por tipo e por valor

Fora essa área que apresenta uma divisão por países, a seção de vinhos é um grande acervo de vinhos nacionais e importados. Ela está divida em tipos de vinhos:

  • espumantes, que geralmente ficam numa prateleira só deles. Aqui é provável que eles estejam ordenados por valor: sidras e vinhos frisantes; espumantes das linhas de entrada das vinícolas, e com linha de entrada entende-se que são os vinhos para quem está começando a beber e não faz investimentos arriscados, com valores que começam na faixa dos R$ 15,00 e vão até mais ou menos R$ 20,00 ou R$ 25,00. Subindo um pouco a faixa de valor, entre R$ 30,00 e R$ 45,00 começam a aparecer boas opções para quem bebe com mais regularidade. Existem boas opções (e várias promoções) de espumantes Brut e Moscatel que não chegam aos R$ 40,00. Vou me dar o direito aqui de fazer uma nota do autor: eu, que compro espumante no supermercado com regularidade, nunca fiquei desatendido com algum espumante nessa faixa de valor. Aurora Brut, Prosecco Salton, Garibaldi Pinot Noir e o meu preferido Prosecco Rosé, o Moscatel Casa Perini, premiado, são ótimas opções. Espumantes para beber num dia de semana. Acima desses valores aparecem grandes vinhos de grandes vinícolas. Espumantes mais elegantes como os de Método Tradicional ou os Extra Brut e Nature, por exemplo, devem estar na mesma área, sempre separados por vinícolas. Aqui tu vai encontrar boas opções para beber no dia do teu aniversário. Por último, algumas opções importadas (como a infalíveis Freixenet) também figuram na mesma prateleira.

  • vinhos de mesa, como já falamos por aqui, são vinhos simples e que costumam ter valor mais baixo. Deve existir, também, uma prateleira dedicada só pra eles. Vários serão vinhos de garrafão, outros em garrafas plásticas e em caixinhas Tetra Pak. Essa seção também vai trazer vinhos específicos para sagu, para uso culinário e marcas que a gente já ouviu muito falar, como o eterno Sangue de Boi. Dica: frequente essa seção em junho e escolha um tinto simples para batizar com cachaça, açúcar, cravo, canela e casca de laranja. Siga para a seção de paçoquinhas e está pronta a sua festa junina.

  • vinhos finos serão a maior parte da seção de vinhos do seu supermercado. Nessa seção, assim como na dos espumantes, a separação é feita por linha e, consequentemente, por valor: vinhos de entrada, com valor mais em conta, estarão agrupados. Aqui você encontra várias marcas conhecidas com valores que ficam na faixa dos R$ 30,00 aos R$ 40,00: Marcus James, Arbo, Granja União, Miolo Seleções e, o meu preferido dessa categoria, Salton Intenso. Além das marcas serem conhecidas, as uvas também são: Pinot Noir, Chardonnay, Cabernet Sauvignon, alguns varietais (feitos com apenas um topo de uva), outros vinhos de corte, feitos com um blend de duas ou mais uvas. Sem surpresas aqui. É um lugar fácil de se achar e até de arriscar uma compra só pra ver no que dá. É provável que exista uma área bem misturada de nacionais e importados com valores também bem misturados que circulam entre R$ 40,00 e R$ 45,00. Várias promoções de vinhos chilenos, tanto brancos quanto tintos. A partir daí começam a aparecer os vinhos com valores na faixa dos R$ 45,00 em diante ("em diante" porque é difícil dar um teto, depende de muito de cada supermercado. A título de chute, eu diria que até R$ 85,00 estão por aqui. Desse valor para cima, caminhe até a seção dos valores elevados. É onde tu começa a encontrar vinhos de linhas superiores das vinícolas nacionais. São ótimos vinhos, boas escolhas para dar aquele presente para alguém que "eu sei que gosta de vinho, mas não sei tão bem de que tipo".

3. Os produtos que ficam fora das prateleiras

Pietra, sabe aquela pasta de fotos no teu computador que "Outros"? Pois é, esses são os produtos que ficam separados. Fora das prateleiras é comum encontrar vinhos que não se encaixam bem em nenhuma das 3 categorias: são mais caros que os vinhos das linhas de entrada, são diferentes das linhas do meio, mas não jogam na mesma liga dos superiores. Muitas vezes esses produtos são testes que tanto as vinícolas, quanto os mercados fazem para entender a aceitação desse tipo de produto por parte do público - geralmente são compras feitas em menor escala. Outro tipo de oferta que costuma ficar fora das prateleiras é o oposto desses produtos teste, são as promoções compradas em grande escala, dispostas de maneira a deixar claro que SE VOCÊ COMPRAR 3 VOCÊ LEVA 4 ou também COMPRANDO NO CARTÃO VOCÊ TEM 10% DE DESCONTO.

4. Vinhos caríssimos e garrafas com lacre magnético

Sim, vários supermercados terão em separados uma seção, geralmente pequena e empoeirada (kkkkk, mas é verdade) com vinhos de valores bastante altos e lacres magnéticos prendendo no gargalo. Bom, acho que essa seção é autoexplicativa: ela é dedicada às pessoas que sentem vontade de tomar um espumante Veuve Clicquot e não pode esperar. Ela fica separada das demais justamente por serem opções que não se encaixam em nenhuma das categorias. A dica a respeito dessa opção é: é bom saber que ela existe. E só isso.

Diga lá, Pietra! Tá craque na seção de vinhos do supermercado agora?

Me sentindo pronta para ir no supermercado em 3,2,1... CHECK! Esse post era extremamente necessário, porque eu fico sempre perdida e acabo levando os mesmos vinhos. Na próxima vez já vou estar mais preparada para explorar algo mais diferente. Obrigada Wine Locals!

Quando falamos aqui que A Pietra não entende nada de vinho, o nosso objetivo é conversar com você, que também não entende nada de vinhos. A melhor parte disso tudo é que vinho é o nosso assunto preferido, e sempre que alguém quer conversar a respeito ou fazer perguntas, a gente aqui tá dentro!

Se você gostou desse, tem outros posts com as dúvidas da Pietra:

Episódio 1: Bag in box

Episódio 2: Espumantes

Episódio 3: Vinho Verde

Episódio 4: Como usar o abridor

Episódio 5: 7 mentiras que a Pietra já ouviu a respeito de vinho

Episódio 6: Qual a diferença entre enólogo e sommelier?

Episódio 7: Taninos, o que são? De onde vêm Do que se alimentam?

Episódio 8: Quanto tempo dura o vinho depois de aberto?

Episódio 9: Vinho rosé só se bebe no verão?

Episódio 10: A Pietra vai escolher o presente de Dia das Mães

[Episódio 11: qual a diferença entre vinho fino e vinho de mesa?[(https://www.wine-locals.com/conteudo/qual-a-diferenca-entre-vinho-fino-e-vinho-de-mesa)

Novidades

Vinho e comida de delivery para combinar

Por Ariela Bento


Quer mais dicas?

Deixe seu e-mail aqui que te enviamos varias dicas e sugestões para viver o que há de melhor no mundo do vinho!

Nome

E-mail

Outras dicas relacionadas a essa

Gostou? Aqui temos mais dicas e listas parecidas com essa para você.

Onde almoçar e jantar na Serra Gaúcha - Região da Uva e Vinho

Conheça as vinícolas de São Roque, em São Paulo, e o Roteiro do Vinho

5 razões para visitar uma vinícola no inverno

5 vinhos para comemorar a solteirice

Vinho em lata é bom?

Vinho com chocolate: dicas de vinho para fazer combinações perfeitas

Wine Lovers: 5 ideias legais para o Dia dos Namorados

5 passeios para pedir em namoro ou casamento na Serra Gaúcha

Quer mais dicas?

Deixe seu e-mail aqui que te enviamos varias dicas e sugestões para viver o que há de melhor no mundo do vinho!

Nome

E-mail

Links úteis
Informações de Contato

Fale com a gente através do email: oi@wine-locals.com

Parceiros oficiais:
Apoio:

© 2021 Wine Locals, todos os direitos reservados